Ministros das Relações Exteriores dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU mais a Alemanha confirmaram nesta sexta-feira novas sanções contra o Irã, por se negar a pôr fim a seu programa nuclear, decisão tomada durante uma reunião surpresa, informou o chanceler russo, Sergueï Lavrov.

Os ministros acertaram um rascunho de um texto de resolução sobre o Irã e uma reunião não anunciada realizada em Nova York, depois de um encontro com esse propósito ter sido cancelado esta semana.

afp/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.