Seis pessoas morrem em ataques no norte do Iraque

Bagdá, 12 abr (EFE).- Seis pessoas morreram hoje em ataques no norte do Iraque, enquanto a Polícia encontrou 18 cadáveres de pessoas ao sul de Bagdá e em uma localidade ao sul da capital, informaram fontes do Ministério do Interior iraquiano.

EFE |

Segundo seu relato, dois civis morreram e outros oito ficaram feridos devido à explosão de uma bomba em um caminhão-cisterna perto de um posto de controle das forças de segurança, no oeste de Mossul, cerca de 440 quilômetros ao norte de Bagdá.

Além disso, um grupo armado matou três guardas de sedes do Partido do Islâmico do Iraque (PCI) na área do Cheikh Fathi, no oeste de Mossul.

Essa formação política, liderada pelo vice-presidente do Iraque, Tareq Hashemi, é uma das principais da comunidade árabe sunita, que participa do processo político iraquiano.

As mesmas fontes disseram que um soldado iraquiano morreu devido à explosão de uma bomba na passagem de uma patrulha militar na zona de Baduch, também situada no oeste de Mossul.

Além disso, patrulhas policiais encontraram uma vala comum com cerca de quinze corpos de pessoas assassinadas há alguns meses na cidade de Al-Mahmudiya, cerca de 30 quilômetros ao sul da capital iraquiana.

Também revelaram que forças de segurança encontraram três corpos de pessoas torturadas e assassinadas a tiros em diversos pontos de Bagdá. EFE am/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG