Seis países começam a discutir novas sanções contra o Irã

Os seis países envolvidos nas negociações sobre o programa nuclear iraniano começaram nesta sexta-feira em Washington a discutir novas sanções da ONU contra o Irã, que segue se recusando a abrir mão de suas atividades de enriquecimento de urânnio, anunciou o porta-voz do departamento de Estado, Sean McCormack.

AFP |

Os diretores políticos dos ministérios das Relações Exteriores dos Estados Unidos, da Rússia, da Grã-Bretanha, da França e da Alemanha e um representante chinês se reuniram nesta sexta-feira no departamento de Estado "para estudar as sanções que poderão ser incluídas em uma nova resolução do Conselho de Segurança da ONU", destacou o porta-voz.

McCormack ressaltou que nenhum texto de resolução circulará durante a reunião.

"Não acho que haverá um texto de trabalho. Ainda não estamos nesta fase. Cada país tem suas idéias no papel, mas ainda não chegamos ao ponto de elaborar um projeto de resolução comum", explicou.

O porta-voz disse ainda que os diretores políticos não pretendem publicar um comunicado comum no fim do encontro, que tem como principal objetivo preparar uma reunião entre os chanceleres dos seis países marcada para a próxima semana em Nova York.

A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, almoçou nesta sexta-feira no departamento de Estado com o chefe da diplomacia da União Européia, Javier Solana.

sl/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG