Seis mortos em acidente de trem na República Tcheca

Seis pessoas morreram e cerca de quarenta ficaram feridas em um acidente com um trem internacional EuroCity entre a cidade polonesa de Cracóvia e Praga, provocado pelo desabamento de uma ponte de metal sobre a via férrea, indicaram fontes ferroviárias.

AFP |

Entre os seis mortos estão cinco mulheres e um homem.

Dos 41 feridos, que foram hospitalizados, 13 ficaram gravemente feridos, segundo porta-vozes das equipes de resgate.

Por razões que ainda estão sendo investigadas, uma ponte de metal desabou por volta das 10h30 locais (05h30 de Brasília) sobre o trem que passava embaixo a 120 km/h, segundo os primeiros elementos da investigação.

"Ao se aproximar da estação de Studenka, a cerca de 135 km/h, o condutor do trem viu que a ponte adiante se movia como se se balançasse e começasse a cair", indicou à imprensa Jan Kucera, subdiretor geral de Inspeções Ferroviárias.

"Imediatamente, o condutor ativou o freio de emergência e se escondeu na sala de máquinas. Seis segundos depois, ocorreu o impacto a uma velocidade de 120 km/h", indicou.

Devido ao impacto, a locomotiva e seis vagões se descarrilaram. Nas imediações do trem acidentado, havia assentos e equipamentos, assim como restos metálicos do trem e da ponte.

As autoridades estabeleceram uma unidade de crise na área do acidente.

Os primeiros-ministros tcheco e eslovaco, Mirek Topolanek e Donald Tusk, se dirigiram para o local do acidente.

A bordo do trem viajavam cerca de 400 pessoas.

Trata-se do pior acidente ferroviário na República Tcheca desde 1995, quando 19 pessoas, em sua maioria jovens, morreram em um choque entre um trem e um ônibus em Kruna (centro).

    Leia tudo sobre: república tcheca

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG