Seis guerrilheiros das Farc morrem em combates na Colômbia

Bogotá, 5 jan (EFE).- Seis guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), entre eles o segundo em comando da frente 51 da organização, morreram hoje em combates.

EFE |

Segundo fontes militares, o incidente ocorreu na zona rural da localidade de La Uribe, no departamento (estado) de Meta, aproximadamente 250 quilômetros ao sul de Bogotá.

Em comunicado, os militares confirmaram a captura de outros três guerrilheiros e a morte de Eliseo Mancilla Garcés, conhecido como "El Negro Arturo".

Segundo as fontes, ele estaria por trás da morte de dois vereadores em outubro de 2009 na cidade de Sumapaz. O chefe guerrilheiro morto, de 39 anos, estava há 17 nas Farc.

As fontes disseram a jornalistas que a frente 51 das Farc é a responsável pela segurança nos deslocamentos de Jorge Briceño Suárez, conhecido como "Mono Jojoy", chefe militar da principal organização guerrilheira colombiana.

Há cinco dias, um confronto na mesma região resultou na morte de 22 guerrilheiros, entre eles três do alto escalão. Mais oito membros da organização se renderam. EFE.

rrm/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG