Seis bolivianos morrem em acidente de barco; brasileiros escapam

LA PAZ (Reuters) - Pelo menos seis bolivianos morreram afogados e outros três estavam desaparecidos no turístico lago Titicaca depois do choque entre duas lanchas sobrecarregadas, informou na quarta-feira a polícia local. Nove turistas brasileiros que estavam a bordo de uma das embarcações saíram ilesos do acidente ocorrido na noite de terça-feira, disse a jornalistas o comandante policial de La Paz, Raul Mantilla.

Reuters |

O acidente, cujos motivos ainda foram determinados, aconteceu no estreito de Tiquina, a 100 quilômetros a oeste de La Paz, na rota para o santuário de Copacabana, onde por falta de pontes a travessia se faz em precárias embarcações fabricadas pelos locais.

'A informação da polícia de Tiquina indica que os barcos se chocaram nos escuro, um deles se partiu e os passageiros caíram na água fria, onde alguns se afogaram e outros conseguiram nadar', disse Mantilla.

Cada barco levava aproximadamente 25 pessoas, e a busca pelos desaparecidos continuava na quarta-feira, acrescentou.

O Titicaca, a pouco mais de 3.800 metros acima do nível do mar, é o lago navegável mais alto do mundo e fica entre a Bolívia e o Peru.

(Reportagem de Carlos Alberto Quiroga)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG