Seis anos de prisão para neonazista britânico que planejava atentados

Um eletricista britânico de 44 anos e desempregado que queria imitar Timothy McVeigh, o autor do mortífero atentado de Oklahoma City em 1995, foi condenado, nesta terça-feira, a seis anos de prisão por planejar uma campanha de terror.

AFP |

O neonazista Neil Lewington foi detido por acaso no final de 2008 quando, em avançado estado de embriaguez, agrediu verbalmente uma condutora de trem. Os agentes de segruança acharam em sua bolsa componentes de artefatos incendiários preparados para funcionar.

Numa revista posterior, a polícia descobriu uma fábrica de explosivos num quarto na casa de seus pais, no sul da Inglaterra, e reuniu provas de que estava preparando bombas e outros explosivos.

Também foi apreendido um livreto intitulado "Manual dos membros das Waffen SS britânicos" que continha desenhos de circuitos eletrônicos.

O acusado também possuía fitas de vídeo sobre as ações de McVeigh, que causou a morte de 168 pessoas num prédio governamental da capital do estado de Oklahoma. Além disso, ele tinha vídeos sobre o britânico de ultradireita, David Copeland, conhecido como o "London Nail Bomber", que, em 1999, realizou uma campanha de terror colocando bombas de pregos em vários pontos da capital britânica.


Leia mais sobre bombas

    Leia tudo sobre: atentadobombasneonazista

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG