Seguidores de Chávez convocam passeatas dentro e fora da Venezuela

Caracas, 2 set (EFE).- Dirigentes do partido governante na Venezuela convocaram hoje mobilizações em apoio do presidente venezuelano, Hugo Chávez, dentro e fora do país para sexta-feira e sábado, em resposta a iniciativas similares em rejeição ao chefe de Estado.

EFE |

Na sexta-feira, haverá diversas "manifestações em solidariedade ao comandante Chávez em mais de 50 países", disse o deputado Darío Vivas, do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV).

A iniciativa surge em contraposição ao movimento "No más Chávez", surgido nas redes sociais Facebook e Twitter, que convocou passeatas em países como Colômbia, Venezuela, Estados Unidos, Israel, Canadá, Peru, Equador, Espanha, França e Arábia Saudita para o próximo dia 4.

"Sabemos que esta campanha pela Internet é dirigida pelo imperialismo americano e seus lacaios no mundo", disse Vivas.

No sábado, seguidores de Chávez caminharão da parte oeste de Caracas até o centro da cidade, em resposta à convocação da oposição.

Os organizadores do "No más Chávez" calculam que "entre 50 e 60 milhões de pessoas" se manifestarão contra Chávez nas passeatas de sexta-feira. EFE afs/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG