Sede da Comissão Europeia é evacuada por causa de incêndio

Centenas de pessoas tiveram de deixar às pressas a sede da Comissão Europeia (o braço executivo da União Europeia), em Bruxelas, após um incêndio ter tomado conta do subsolo do prédio. Não há relatos de feridos.

BBC Brasil |

Segundo funcionários, o prédio Berlaymont, uma estrutura de vidro e aço no centro de Bruxelas, que tem 18 andares e abriga cerca de 3 mil oficiais da União Européia, foi evacuado minutos após o acionamento do alarme, por volta das 13h (horário local).

"Eu acho que todo mundo foi evacuado. Não houve pânico", disse o oficial de informação Nico Keppens à BBC.

O fogo começou por volta das 12h50 pelo horário local (7h50 em Brasília) e foi mais intenso no 13º andar, mas não se alastrou pelos escritórios, disse Keppens.

Segundo o porta-voz Johannes Laitenberger, o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, estava trabalhando no 13º andar no momento em que o alarme foi acionado.

Laitenberger disse que o fogo foi controlado por volta das 16h40 no horário local e que ainda não se sabe o que provocou o incêndio.

Fumaça
Jornalistas trabalhando na sala de imprensa, conhecida como o bunker(uma alusão aos refúgios subterrâneos usados por militares durante aguerra), disseram ter notado fumaça que se acumulava durante 20minutos, antes de receberem ordens para deixar o prédio.

O correspondente da BBC em Bruxelas, Dominic Hughes, que se encontrava perto do edifício, disse ter visto uma nuvem de fumaça espessa e nega saindo do telhado, com cheiro forte de óelo queimado.

O público foi aconselhado a manter distância do prédio.

Laitenberger disse que os funcionários da Comissão Europeia estão agora trabalhando em escritórios em outras partes de Bruxelas e que ainda não sabe quando o prédio será reaberto.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG