Secretário-geral da Otan comemora volta plena da França

Paris, 11 mar (EFE).- O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jaap de Hoop Scheffer, expressou hoje sua satisfação com o anúncio do retorno da França ao comando militar da Aliança e disse que tomará as medidas necessárias para que se concretize.

EFE |

A decisão do presidente francês, Nicolas Sarkozy, de dar este passo representa "um novo impulso nas relações entre França e Otan", disse o responsável da organização, que hoje participou do seminário sobre defesa europeia no qual o chefe do Estado francês anunciou oficialmente sua decisão.

Em comunicado, De Hoop Scheffer ressaltou que Sarkozy deixou hoje muito claro que "o processo que deve levar a França a retomar seu lugar (na Aliança) chegou ao fim".

"A França sempre foi um aliado importante dentro da Otan. Sua contribuição atual nas operações e missões é crucial", acrescentou.

Segundo ele, a plena participação desse país nos processos de decisão e de planejamento reforçará a Aliança e "abrirá também novas perspectivas" para uma relação entre Otan e União Europeia mais sólida e complementar.

Portanto, como secretário-geral da organização, De Hoop Scheffer afirmou que tomará as medidas necessárias "para garantir a aplicação da decisão francesa".

Essa decisão deve se concretizar durante a cúpula que a Otan realizará no início do mês de abril por ocasião dos 60 anos de sua criação, nas cidades de Estrasburgo (França) e Kehl (Alemanha). EFE pi/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG