Secretário-geral da ONU volta ao Haiti no domingo

Por Megan Davies NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, irá ao Haiti no domingo para encontrar dirigentes nacionais e pessoas que continuam desabrigadas por causa do terremoto de janeiro, disse um porta-voz nesta sexta-feira.

Reuters |

A exemplo de milhares de outros edifícios, a sede da ONU em Porto Príncipe desabou por causa do tremor de magnitude 7,0 ocorrido em 12 de janeiro. O diretor local da ONU, Hedi Annabi, morreu no incidente, assim como seu adjunto brasileiro.

Ban, que nesta semana se mostrou comovido durante uma homenagem aos 101 funcionários da ONU mortos no terremoto, visitará Porto Príncipe, a capital, e se reunirá com o presidente René Préval e o primeiro-ministro Jean-Max Bellerive, segundo o porta-voz Martin Nesirky.

Ele também vai se encontrar com dirigentes da Minustah, força militar da ONU comandada pelo Brasil.

A viagem de um dia será a segunda dele ao empobrecido país caribenho desde o terremoto, incidente que mais matou funcionários da ONU em 65 anos de história da entidade.

A Minustah recebeu reforços depois do terremoto, passando de 3.500 para 12.651 soldados e policiais. Essa força tem mandato para zelar pela segurança do país, e atualmente está assumindo tarefas humanitárias, conforme os soldados dos EUA e de outros países deixam o Haiti.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG