Secretário-geral da ONU pede que Junta Militar adie referendo em Mianmar

Nações Unidas - O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu hoje à Junta Militar de Mianmar que adie o referendo constitucional do dia 10 de maio por causa do desastre que atinge o país e 1,5 milhão de seus habitantes.

EFE |

Ban "está profundamente preocupado com o bem-estar do povo de Mianmar neste momento de tragédia nacional e destaca a decisão de o Governo não adiar o referendo" do dia 10 de maio, diz uma mensagem do dirigente da ONU.

    Leia tudo sobre: mianmar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG