Secretário-geral da ONU participará de cúpula sobre crise nos EUA

Nações Unidas, 22 out (EFE) - O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, participará da cúpula sobre a crise financeira mundial que acontecerá entre 14 e 15 de novembro em Washington, confirmou hoje o organismo internacional.

EFE |

"O secretário-geral foi convidado e tem a intenção de assistir à cúpula", disse a porta-voz da ONU, Marie Okabe.

A organização lembrou que o secretário-geral foi tradicionalmente convidado à cúpula do Grupo dos Oito (G8, que reúne os sete países mais industrializados e a Rússia).

Em 18 de outubro, Ban ofereceu a sede das Nações Unidas em Nova York como um possível local para a realização de uma cúpula mundial para discutir uma resposta global à crise financeira.

No entanto, a Casa Branca anunciou que convidou os líderes do Grupo dos Vinte (G20, dos países emergentes) a realizar uma cúpula em Washington, à qual também assistirão os máximos responsáveis das instituições financeiras internacionais, como o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial (BM).

O G20 é composto pelos países do G8 (Estados Unidos, França, Reino Unido, Alemanha, Itália, Canadá, Japão e Rússia), alguns da União Européia (UE) e nações emergentes como Brasil, Argentina, Austrália, Coréia do Sul, China, Índia, Indonésia, México, Arábia Saudita, África do Sul e Turquia.

O encontro de chefes de Estado e primeiros-ministros ocorrerá em uma área da capital americana a determinar e começará com um jantar em 14 de novembro, que se prolongará com sessões de trabalho no dia seguinte.

Esta cúpula será a primeira de uma série de reuniões nas quais os líderes mundiais analisarão como enfrentar a atual crise, que ameaça criar uma forte desaceleração mundial, e principalmente como evitar outras no futuro. EFE jju/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG