Secretário dos EUA trata com autoridades do Curdistão relação com Bagdá

Bagdá, 29 jul (EFE).- O secretário da Defesa dos Estados Unidos, Robert Gates, chegou hoje à cidade de Erbil, na região autônoma do Curdistão iraquiano, para discutir as delicadas relações entre essa região e o Governo central do Iraque.

EFE |

O Executivo do Curdistão informou, em comunicado colocado em seu site, que Gates, que iniciou ontem uma visita surpresa ao Iraque, se reuniu hoje com o presidente da região, Massoud Barzani, na presença de outros altos funcionários curdos.

Segundo o comunicado, que cita meios de comunicação não identificados, a visita de Gates ao Curdistão tem o objetivo de diminuir os atritos entre as diversas formações iraquianas, especialmente entre os Governos de Bagdá e do Curdistão.

A nota não dá mais detalhes sobre as conversas entre Gates e as autoridades curdas.

Ontem, durante sua visita a Bagdá, Gates disse que Washington está disposto a ajudar a resolver as diferenças entre Erbil e Bagdá sobre as fronteiras e a distribuição das riquezas naturais nesta região, principalmente o petróleo.

As relações entre o Governo do Curdistão e o Executivo central iraquiano passam por um momento delicado, devido à disputa pela rica região petrolífera de Kirkuk, que a região autônoma reivindica como própria.

Esta é a décima vez que Robert Gates visita o Iraque desde sua entrada no Departamento de Defesa, em 18 de dezembro de 2006. A anterior havia ocorrido em 15 de setembro do ano passado. EFE am/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG