Secretário do Tesouro dos EUA diz que não quer permanecer no cargo

Washington, 10 ago (EFE).- O secretário do Tesouro americano, Henry Paulson, disse hoje não estar interessado em continuar em seu posto quando o Governo for renovado em janeiro do ano que vem.

EFE |

"Tenho vontade de fazer outras coisas no próximo ano", afirmou em declarações ao canal de televisão "NBC", em entrevista gravada na China, para onde foi para participar da abertura dos Jogos Olímpicos.

Paulson afirmou que o presidente dos Estados Unidos, George W.

Bush, tinha razão quando disse que Wall Street tinha se "embebedado e agora tem ressaca", em referência aos excessos que conduziram à atual crise nos mercados.

O secretário do Tesouro rejeitou a idéia de que a economia americana necessite de outro pacote de estímulo depois da injeção de US$ 152 bilhões em devoluções fiscais aprovadas durante este ano.

"Vejamos como funciona o programa no terceiro trimestre", disse, após destacar que o pacote de estímulo deu certo na hora de respaldar o crescimento da economia americana durante o segundo trimestre. EFE tb/ab/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG