Secretário do PT chama chanceler de Israel de fascista e racista

O secretário para relações internacionais do Partido dos Trabalhadores, Valter Pomar, chamou de fascista e racista o ministro das Relações Exteriores israelense, Avigdor Lieberman, em declarações publicadas pelo jornal Haaretz, antes da visita do chanceler ao Brasil.

AFP |

AP
Lieberman visita o Brasil nesta semana
Lieberman vem ao Brasil nesta semana

"Lieberman é um fascista e um racista", declarou Pomar. "A esquerda brasileira organizará manifestações de protesto contra ele e política que representa", acrescentou.

Um porta-voz da chancelaria brasileira, também citado na reportagem, afirmou, por sua parte, que "Pomar não representa a posição do governo" e que Lieberman será recebido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A visita de Lieberman ao Brasil faz parte de uma viagem de dez dias pela América do Sul destinada fundamentalmente a contra-atacar a influência do Irã nessa região, segundo comunicado da chancelaria.

Lieberman, chefe do partido de extrema-direita Israel Beiteinu - a terceira força política em Israel - fez campanha nas eleições legislativas de fevereiro passado falando da duvidosa fidelildade dos árabes israelense, e depois adotou posições duras a respeito dos palestinos e sírios.

Leia também:


Leia mais sobre Israel

    Leia tudo sobre: brasilisraelviagem

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG