Secretário de Saúde dos EUA designado por Obama renuncia ao cargo

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, informou nesta terça-feira que o ex-senador Tom Daschle renunciou à indicação para o cargo de secretário da Saúde por estar com problemas com o Fisco.

AFP |

"Esta manhã, Tom Daschle me pediu para aceitar sua renúncia como secretário da Saúde e dos Serviços Sociais. Aceito esta decisão com tristeza e lamento", disse Obama, em um comunicado.

"Agora, temos de seguir adiante com nosso plano para revitalizar a economia e devolver o trabalho para as pessoas", completou o presidente.

Daschle explicou que tomou sua decisão porque não quer ser uma distração para o ambicioso plano de reforma do sistema de Saúde americano, do governo Obama.

"Precisamos de que a melhor cobertura médica nos Estados Unidos esteja ao alcance de todos", afirmou Daschle, na declaração publicada pela Casa Branca.

"Vidas e meios de vida estão postos em jogo", acrescentou.

A decisão de Daschle veio à tona depois que a escolhida de Obama para o controle orçamentário da Casa Branca, Nancy Killefer, renunciou à indicação, também por problemas pessoais com a Receita americana.

Essas duas renúncias quase simultâneas representam o primeiro grande desafio da tarefa de Obama como presidente e significam uma prova difícil para sua promessa de conduzir o país para uma nova era, no momento em que se multiplicam as polêmicas, os problemas partidários e os escândalos.

Ontem, Daschle se desculpou pelo que considerou como "erros", que lhe custaram 128.000 dólares em pagamentos de impostos mais 12.000 dólares de juros.

lal/cn/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG