Secretário de Estado vaticano diz que cobiça substituiu livre mercado

Cidade do Vaticano, 28 jul (EFE).- O secretário de Estado do Vaticano, o cardeal Tarcisio Bertone, denunciou hoje que o mercado da cobiça substituiu o livre mercado e que a mudança na relação entre finanças e produção de bens e serviços registrada nos últimos 30 anos é uma das causas da crise econômica.

EFE |

Bertone fez essas declarações em discurso pronunciado hoje no Senado italiano, onde esteve para explicar a nova encíclica do papa Bento XVI "Caritas in veritate" (caridade na verdade), de caráter social e em que a crise atual é analisada.

O cardeal italiano disse que a primeira causa da crise precisa ser buscada na mudança radical das relações entre finanças e produção de bens e serviços que se consolidou desde a década de 1970.

Segundo Bertone, muitos países ocidentais condicionaram suas economias a investimentos que dependiam de rentabilidade sustentável de novos instrumentos financeiros, expondo a economia real a caprichos das finanças.

Também ressaltou que o consumidor foi condicionado a gastar mais que seu poder aquisitivo permitia.

A segunda causa, segundo o cardeal, foi transformar a "eficácia" no último critério na hora de justificar medidas econômicas.

"Assim, se chegou a legitimar a cobiça - que é a forma mais conhecida e mais divulgada da avareza - como uma espécie de virtude cívica. O mercado da cobiça substitui o mercado livre", afirmou o cardeal.

Para ressaltar ainda mais sua crítica, Bertone citou o filme "Wall Street - Poder e Cobiça" (1987), em que o protagonista, o investidor sem escrúpulos Gordon Gekko, dizia que "a cobiça é boa e justa".

O cardeal ressaltou que outro ponto da crise é preciso ser buscado na nova cultura que surgiu à sombra do processo de globalização, na hora de interpretar o princípio de liberdade.

Bertone insistiu na necessidade de garantir o bem comum e disse que se o sistema econômico não for corrigido, no futuro podem surgir situações como as atuais. EFE JL/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG