Secretário de Defesa dos EUA propõe modernização do arsenal nuclear americano

Washington, 28 out (EFE).- O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Robert Gates, disse hoje que o país deveria seguir os passos de outras potências mundiais e modernizar seu arsenal nuclear.

EFE |

Segundo disse em um discurso, os EUA são a única grande potência que "não está modernizando seu arsenal ou que não tem capacidade de produzir novas ogivas nucleares", ao contrário de países como o Reino Unido e a França.

Gates, que falou na Fundação Carnegie para a Paz Internacional, também citou China e Rússia, países que estabeleceram "metas ambiciosas" em relação à fabricação de "armas novas".

Para o secretário de Defesa, a única maneira de contar com uma força dissuasória é aumentando ou melhorando o armamento.

Por outro lado, Gates se mostrou preocupado com a fuga de cérebros nos laboratórios que desenvolvem armas nucleares, o que faz com que o panorama de segurança seja "sombrio".

No entanto, esclareceu que o arsenal de armas nucleares dos EUA, composto por 5 mil ogivas, está atualmente bem guardado.

Por outro lado, alertou que o velho arsenal de armas russas pode estar em paradeiro desconhecido.

"Preocupa-me o paradeiro de alguns das centenas de armas, projéteis ou minas russas, porque a realidade é que nem os próprios russos sabem quantas têm ou onde estão", disse. EFE pgp/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG