Secretário de Comércio dos EUA critica regime cubano por não aceitar ajuda

Santo Domingo, 29 set (EFE).- O secretário de Comércio dos Estados Unidos, Carlos Gutiérrez, disse hoje que o regime cubano rejeitou quatro ofertas americanas de ajuda após os furacões das últimas semanas, e qualificou de incrível o fato de a política se antepor ao sofrimento do povo.

EFE |

Gutiérrez, que hoje liderou em Santo Domingo uma conferência sobre as relações comerciais entre os EUA e a República Dominicana, fez o comentário ao responder uma pergunta sobre as possibilidades de negócio "na Cuba pós-Castro".

Após criticar o regime cubano, o secretário americano relatou que seu país ofereceu em quatro ocasiões ajuda à nação caribenha, depois da passagem de várias tempestades e furacões, mas que só recebeu recusas ou silêncio em troca.

Diante do argumento do Governo cubano, que rejeitou a ajuda alegando dignidade, Gutiérrez estimou "que Havana está confundindo a dignidade da liderança com a fome do povo".

"Acho que o povo, que está faminto e não tem o que comer nem o que beber, gostaria de ter a ajuda", completou o secretário, que assegurou que seu país é o primeiro fornecedor de alimentos e de ajuda humanitária a Cuba. EFE jsm/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG