Secretário americano pede que Cuba aceite ajuda dos EUA por furacões

Washington, 21 set (EFE) - O secretário de Comércio dos Estados Unidos, Carlos Gutiérrez, pediu hoje que o Governo de Cuba leve em consideração a ajuda humanitária que seu país oferece aos desabrigados pelos furacões e que ponha os interesses do povo cubano acima das diferenças políticas.

EFE |

"Entendemos as dificuldades causadas por semelhantes tempestades devastadoras e queremos dar ao povo de Cuba os materiais necessários para começar a reconstrução", disse Gutiérrez em comunicado.

"Esperamos que o Governo cubano considere nossas genuínas ofertas de assistência e que os melhores interesses do povo cubano estejam acima de diferenças políticas", acrescentou.

Gutiérrez disse que, na sexta-feira passada, o Governo de Washington estendeu a Cuba sua quarta oferta de assistência humanitária para os desabrigados pelos furacões "Gustav" e "Ike".

O Governo de Havana já rejeitou em três ocasiões a ajuda humanitária dos EUA, argumentando que não aceita doações de um país que o "bloqueia".

"Nossa oferta mais recente foi uma resposta direta ao pedido do Governo cubano por materiais de construção", explicou Gutiérrez, que tem origem cubana.

O secretário acrescentou que a Agência Americana para o Desenvolvimento Internacional (Usaid) "está preparada para entregar, por céu e mar, estoques de construção e albergues que possam dar moradia temporária e permanente" para aproximadamente 48 mil pessoas.

Gutiérrez se mostrou preocupado com a precária situação dos desabrigados, particularmente na zona oeste da ilha, e disse que a "principal prioridade" dos EUA é "enviar ajuda" aos cubanos. EFE mp/fh/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG