Secretário americano inicia viagem de reaproximação à Bolívia

La Paz, 20 mai (EFE).- Bolívia e Estados Unidos tentarão abrir uma nova etapa nas relações bilaterais baseada no respeito mútuo, com a visita de dois dias a La Paz que o secretário de Estado adjunto dos EUA para a América Latina, Thomas Shannon, iniciou hoje.

EFE |

"Eu acho que vamos sair com resultados importantes e esperamos um diálogo muito frutífero", afirmou Shannon após chegar à Bolívia, que recebe a primeira visita de uma autoridade americana desde que o embaixador Philip Goldberg foi expulso do país, em setembro do ano passado.

O secretário adjunto americano chegou a La Paz acompanhado da administradora adjunta da agência americana de desenvolvimento internacional (Usaid), Debbie Kennedy-Iraheta, e do vice-secretário Adjunto Principal para Assuntos Internacionais de Narcóticos, William McGlynn.

Entre hoje e amanhã, a delegação americana e o Governo de Evo Morales trabalharão na elaboração de um convênio-marco que, segundo disseram à Agência Efe fontes oficiais bolivianas, deve ser "o ponto de partida de uma nova época" nas relações entre os países.

A cooperação ao desenvolvimento, a luta contra o narcotráfico e a suspensão das vantagens tarifárias do programa ATPDEA à Bolívia serão alguns dos assuntos centrais nos dois dias de trabalhos, cujos resultados serão divulgados amanhã em entrevista coletiva.

Na quinta-feira, o secretário americano será recebido pelo presidente Evo Morales.

As relações entre Estados Unidos e Bolívia foram marcadas pela permanente tensão desde que Morales chegou ao poder. EFE sam/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG