inaceitável - Mundo - iG" /

Secretária americana diz que sistema de saúde dos EUA é inaceitável

Washington, 6 mai (EFE).- A situação do sistema de saúde dos Estados Unidos, agravada pela crise econômica, é inaceitável e está prejudicando principalmente a classe média, por isso que o Congresso deve agilizar uma reforma, afirmou hoje a secretária de Saúde, Kathleen Sebelius.

EFE |

"Os custos do cuidado de saúde estão espremendo as famílias, negócios e orçamentos (dos Governos estaduais)... hoje, por hoje, estão espremendo as famílias de classe média, e estes problemas continuarão conforme piorar o panorama econômico", afirmou.

Sebelius, que assumiu o cargo na semana passada, fez esta advertência na primeira audiência na Comissão de Meios e Arbítrios da Câmara de Representantes para explicar os princípios do plano de reforma de saúde promovido pela Casa Branca.

A secretária de Saúde explicou que o encarecimento do cuidado médico ajudou a enfraquecer a economia e, se nada for feito a respeito, o problema será uma "grande ameaça" para a estabilidade econômica do país a longo prazo.

A prioridade do presidente Barack Obama, reiterou, é iniciar a reforma de saúde ainda este mesmo ano, o que foi uma das promessas feitas na campanha eleitoral de 2008.

No entanto, ela insistiu em que não se trata de impor uma nacionalização do sistema de saúde, mas de ampliar e melhorar a cobertura médica, através de planos privados, a todos os americanos, inclusive para as que têm histórico de doenças.

Sebelius explicou à Comissão que a reforma deve incluir elementos como uma variedade de opções nos fornecedores médicos, mecanismos para reduzir os custos de saúde para as empresas e Governos estaduais, e melhoras na entrega de serviços. EFE mp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG