Secratário-geral da OEA espera que Obama cumpra promessas sobre Cuba

Paris, 4 dez (EFE).- O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, expressou hoje seu desejo e sua confiança de que o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, tomará algumas medidas para relaxar a tensão com Cuba.

EFE |

"Espero que as coisas que disseram durante a campanha (...) sejam cumpridas", disse à Agência Efe o responsável desse fórum regional, do qual Cuba está suspenso desde 1964.

Na conferência realizada hoje, em Paris, sobre "América Latina e a diplomacia de cúpulas", Insulza disse que o que espera da nova Administração americana é que alivie "substancialmente" o bloqueio em relação ao país caribenho e que autorize as viagens aos EUA a partir e para a ilha.

Se isso acontecer, acrescentou o responsável da OEA, seria "um relaxamento da tensão muito importante", a que "poderia seguir uma política muito mais sistemática de incorporação de Cuba ao sistema interamericano". EFE pi/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG