SEC descobre fraude semelhante à de Madoff

Washington, 2 abr (EFE).- A Comissão do Bolsa de Valores dos EUA descobriu uma nova fraude em esquema de pirâmide, promovida, segundo ela, pelo gerente de fundos de alto risco Edward Stein, que acusa de desviar mais de US$ 55 milhões -em um caso semelhante ao de Bernard Madoff, que responde a processo pelo desvio de US$ 50 bilhões.

EFE |

Em comunicado, a Comissão de Valores Mobiliários (SEC, na sigla em inglês) alega que o investidor nova-iorquino se aproveitou de amigos e conhecidos para movimentar esse valor através de contas de seus fundos Gemini Fund I e DISP, vendendo participações destas sociedades a mais de 80 investidores.

Segundo o órgão supervisor, Stein emitiu extratos falsos para as vítimas, que nos quais simulava rendimentos positivos durante o período de vigência de seus investimentos, enquanto usava esse dinheiro para pagar investidores anteriores e despesas pessoais, além de planejar lançar uma revista, projeto que fracassou, no entanto.

A SEC alega ainda que, nos últimos meses, Stein recorreu ao método de roubar fundos de seus clientes para manter seu esquema.

Desta maneira, segundo ela, o empresário empregou "milhões" de dólares de um único cliente para pagar certos investidores e para comprar um apartamento de US$ 1 milhão para ele em Manhattan. EFE cai/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG