O nome do ator escocês Sean Connery aparece em uma investigação sobre delitos imobiliários referente à venda de uma residência que teve na estação balneária espanhola de Marbella (sul), informaram nesta sexta-feira fontes judiciais." /

O nome do ator escocês Sean Connery aparece em uma investigação sobre delitos imobiliários referente à venda de uma residência que teve na estação balneária espanhola de Marbella (sul), informaram nesta sexta-feira fontes judiciais." /

Sean Connery citado em investigação sobre lavagem de dinheiro

O nome do ator escocês Sean Connery aparece em uma investigação sobre delitos imobiliários referente à venda de uma residência que teve na estação balneária espanhola de Marbella (sul), informaram nesta sexta-feira fontes judiciais.

AFP |

O nome do ator escocês Sean Connery aparece em uma investigação sobre delitos imobiliários referente à venda de uma residência que teve na estação balneária espanhola de Marbella (sul), informaram nesta sexta-feira fontes judiciais.

"O nome de Sean Connery foi citado em uma investigação preliminar aberta por lavagem e prevaricação, e que diz respeito principalmente a terrenos que pertenceram a ele e que foram superfaturados em condições consideradas duvidosas pelos investigadores", afirmou à AFP uma porta-voz do Tribunal Superior de Justiça de Andaluzia (TSJA).

A investigação, cuja nova fase teve lugar nos últimos dias, está a cargo de um juiz de instrução de Marbella, que acaba de interrogar outras sete pessoas.

No total, 28 pessoas foram indiciadas pelo caso, afirmou o porta-voz, que não quis precisar se Sean Connery era um deles, como afirmam os jornais El País e El Mundo.

"A investigação está sob sigilo sumarial e não divulgamos o nomes das pessoas interrogadas e menos ainda quando ainda não foram convocadas pelo tribunal", afirmou.

Na quarta-feira, dois escritórios de advocacia, um em Marbella e outro em Madri, foram interpelados em função do caso, informou à AFP um porta-voz da polícia, sem dar detalhes por causa do "sigilo sumarial".

Segundo El Pais, Sean Connery havia comprado, no início dos anos 70, uma mansão à beira mar, entre San Pedro Alcántara e Puerto Banús, a leste de Marbelha, e a colocou à venda em 1998 por nove milhões de dólares.

A residência foi em seguida transformada num complexo de apartamentos de luxo.

Marbella já foi sacudida nos últimos anos por um grande escândalo de corrupção imobiliária batizado "Operação Malaya", que afetou toda a equipe municipal.

Segundo o jornal local Sur, o ex-prefeito de Marbella, Julian Muñoz, envolvido nas investigações da "Operação Malaya", tambén está entre os investigados neste novo caso.

Sir Sean Connery, atualmente afastado do cinema, ganhou fama mundial vivendo agente secreto de Sua Majestade, James Bond, em vários filmes inspirados na criação de Ian Fleming.

Ao longo de sua carreira, foi se confirmando como um ator sério, protagonistas de obras respeitadas como "O Nome da Rosa" e "Os Intocáveis".

Em 2000, foi consagrado Sir pela Rainha Elizabeth II e sempre lutou pela causa de tornar a Escócia independente do Reino Unido.

vg/apa/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG