Scotland Yard suspende delegado muçulmano que acusou a polícia de racismo

A Scotland Yard anunciou nesta terça-feira que suspendeu de suas funções o delegado adjunto da Polícia Metropolitana, Tarique Ghaffur, um muçulmano que acusou o chefe da polícia, sir Ian Blair, de discriminação e racismo.

AFP |

Ghaffur, de origem paquistanesa, "foi suspenso provisoriaente de suas funções para que suas declarações públicas sobre as discriminações de que assegura que foi objeto não prejudiquem a eficiência operacional da polícia, explicou Blair em um comunicado.

Ghaffur, que é o funcionário da Scotland Yard de maior graduação entre os funcionários de origem asiática, anunciou em agosto que vai apresentar uma queixa ante o Tribunal do Trabalho.

Ghaffur acusa Blair de submetê-lo a tratamentos "humilhantes e degradantes" e de "socavar" sua autoridade, excluindo-o de reuniões e decisões cruciais.

ame/al/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG