Schwarzenegger pede rápida aprovação de orçamento da Califórnia

Sacramento (EUA), 18 fev (EFE).- O governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, assegurou hoje que não deixará que o estado se afunde devido à falta de um compromisso orçamentário, e pediu aos legisladores que aprovem o plano econômico proposto o mais rapidamente possível.

EFE |

As declarações do governador foram feitas em coletiva de imprensa realizada após dias de fracassadas negociações no legislativo estadual.

Para ser aprovado, o plano requer o voto de todos os membros democratas, que compõem a maioria em ambas as câmaras legislativas, e de três membros republicanos em cada uma.

O plano inclui, além de aumento de impostos, cortes drásticos e empréstimos para fechar o déficit, hoje em US$ 42 bilhões.

"Estou consciente de que este é um plano orçamentário difícil, porém, resolve o problema, e fecha o maior déficit de nossa história," disse Schwarzenegger.

O governador disse que "odeia os impostos", mas que o déficit fiscal é tão grande, que a ação não pode simplesmente se reduzir a programas e serviços.

A crise que afeta as finanças públicas da Califórnia é tamanha que ontem foram enviadas cartas de demissão a 20 mil empregados estaduais e 276 projetos de infraestrutura foram congelados. EFE vw/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG