Schwarzenegger decreta emergência na Califórnia por gripe suína

Los Angeles (EUA), 28 abr (EFE).- O governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, decretou hoje emergência no estado para combater o surto de gripe suína que assola os Estados Unidos.

EFE |

A intenção de Schwarzenegger é "apoiar e facilitar aos departamentos de saúde uma resposta eficaz aos surtos" do vírus A/H1N1, que contaminou até agora dez pessoas na Califórnia, segundo as autoridades locais.

No entanto, o governador assegurou que a decisão é preventiva e que "não há necessidade de pânico". A prioridade de Schwarzenegger é "limitar a propagação da gripe suína de forma mais rápida e eficaz possível", segundo nota divulgada por seu escritório.

Há 64 casos confirmados da doença em todo o território americano, sendo 45 deles em Nova York. A situação levou a Casa Branca a pedir ao Congresso uma verba de US$ 1,5 bilhão para combater o surto.

Com base em uma informação não confirmada oficialmente, o jornal "Los Angeles Times" disse hoje que há duas possíveis vítimas fatais da gripe suína no estado.

O porta-voz do escritório do legista Craig Harvey explicou à publicação que amostras dos corpos foram enviadas ao Departamento de Saúde, que analisará se a causa da morte foi uma infecção provocada pelo vírus da gripe suína.

As vítimas fatais são dois homens: um de 33 anos, que vivia em Long Beach e morreu na segunda-feira, e outro de 45, falecido no último dia 22 em um hospital de Norwalk, aparentemente de pneumonia.

Se confirmadas, seriam as primeiras mortes por gripe suína nos EUA. EFE mg/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG