Saúde de presidente paraguaio é estável

Lugo trata trombose e está internado na UTI do hospital Sírio-Libanês, em São Paulo

iG São Paulo |

O estado de saúde do presidente paraguaio, Fernando Lugo, internado desde a tarde de sábado no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, é estável, segundo boletim médico divulgado na noite de ontem. Lugo, ex-bispo católico que preside o Paraguai há dois anos, passou por uma bateria de exames na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na instituição na qual trata um câncer.

Reuters
Presidente do paraguai, Fernando Lugo, sai de Assunção para se internar no Brasil (sábado)
Neste domingo, Lugo "amanheceu em bom estado geral, sem febre", detalhou Alfredo Boccia, um dos médicos da equipe de especialistas paraguaios que atende ao governante, informou a Presidência em comunicado emitido em seu site.

Os exames realizados no sábado revelaram que Lugo tem uma trombose, ou coágulo sanguíneo, na veia cava superior, provável consequência da quimioterapia, mas não terá de passar por uma cirurgia.

A veia cava superior é a veia que leva o sangue da metade superior do corpo para o átrio direito do coração. Lugo está internado na UTI e recebe tratamento medicamentoso. "Diante do quadro foi iniciado o tratamento clínico específico, com resultados positivos", acrescenta o documento da Presidência paraguaia.

Uma deterioração acentuada da saúde de Lugo pode levá-lo a ceder o poder temporariamente para o vice-presidente Federico Franco, que frequentemente divergiu do ex-padre por conta das políticas esquerdistas do presidente. Franco, no entanto, prometeu não tirar vantagem da doença de Lugo.

Franco assumiu o cargo até a volta de Lugo ao Paraguai. Ele assumirá o comando do quarto maior exportador de soja do mundo se Lugo morrer e teria de convocar eleições para um novo vice-presidente.

Uma luta de poder pode colocar em risco uma década de estabilidade que se seguiu a um período turbulento após o fim da ditadura de Alfredo Stroessner em 1989.

* Com informações da Reuters e da EFE

    Leia tudo sobre: MUNDOPARAGUAILUGOHOSPITAL sírio-libanês

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG