Satélite iraniano se incendiará no espaço em 2 semanas

Teerã, 11 mar (EFE).- O satélite de comunicações que o Irã enviou há um mês ao espaçou se autodestruirá após terminar sua missão, dentro de 13 dias, anunciou hoje o diretor do projeto, Fathollah Ommi.

EFE |

Em declarações reproduzidas pela televisão nacional, o cientista iraniano disse que o satélite Omid (em persa, esperança) se incendiará no espaço externo.

Omid, um satélite de 25 quilos, foi enviado ao espaço em 3 de fevereiro, em meio às disputas entre o Irã e a comunidade internacional.

Para o regime dos aiatolás, era um marco tecnológico que demonstrava o fracasso das sanções e da política de isolamento em relação ao Irã, enquanto países como Estados Unidos, Israel e França vincularam seu desenvolvimento com possíveis aplicações no programa balístico.

Estes Governos acusam o Irã de esconder um projeto nuclear paralelo para a aquisição de armas nucleares, extremo que Teerã nega.

"O Omid foi lançado para uma missão de 50 dias a fim de provar um sistema de guia de satélites, assim como para realizar testes de controle remoto, telemetria via satélite, e coleta de informação geográfica", disse hoje Ommi. EFE jm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG