Satélite iraniano completa missão--TV estatal

TEERÃ (Reuters) - O primeiro satélite nacional produzido pelo Irã concluiu com êxito sua missão no espaço, disse nesta quinta-feira a TV estatal, sete semanas após a República Islâmica ter enviado-o à órbita. O Irã lançou um satélite de pesquisa e comunicação chamado Omid no dia 3 de fevereiro, num ato que preocupou as potências ocidentais, que temem que a República Islâmica esteja se empenhando para construir uma bomba nuclear e sistemas de lançamento de mísseis.

Reuters |

O Irã, quarto maior produtor de petróleo do mundo, alega que sua atividade nuclear tem como único fim gerar eletricidade, e que o lançamento do satélite foi feito com propósitos pacíficos.

A tecnologia balística de longo alcance usada para colocar os satélites em órbita também pode ser utilizada para lançar mísseis com ogivas.

"O satélite Omid, ao executar com êxito todas as suas tarefas, completou sua missão", disse a TV estatal.

O Omid enviou e recebeu sinais mais de 700 vezes enquanto orbitava ao redor da terra, disse à televisão estatal um especialista envolvido no projeto, sem dar mais detalhes.

"Ele executou todas as tarefas... sem cometer qualquer erro", disse o especialista, identificado apenas pelo sobrenome, Ebrahimi. O satélite poderá permanecer no espaço por mais 37-38 dias antes de retornar à Terra, acrescentou.

O ministro das Telecomunicações do Irã, Mohammad Soleimani, disse no mês passado que cientistas iranianos estão produzindo mais sete satélites.

(Reportagem de Zahra Hosseinian)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG