Satélite da Nasa cai perto da Antártida após lançamento

Washington, 24 fev (EFE).- O satélite lançado hoje nos Estados Unidos para fazer medições globais e precisas dos níveis de dióxido de carbono na atmosfera caiu no Oceano Pacífico, perto da Antártida, após um falha no foguete que o transportava, informou hoje a Nasa.

EFE |

O prejuízo da agência espacial americana, que passou quase dez anos projetando e construindo o satélite, foi de US$ 274,3 milhões.

Segundo Chuck Dovale, diretor de lançamentos da Nasa, "os revestimentos de proteção que envolviam o satélite (...) não se separaram apropriadamente, e isso, aparentemente, causou a falha da missão".

Lançado da base Vandenberg, na Califórnia, a nave "não atingiu sua órbita e provavelmente caiu no Oceano Pacífico perto da Antártida", disse, por sua vez, John Brunschwyler, diretor do programa do Taurus XL, o foguete que transportava o instrumento.

Os especialistas da Nasa explicaram que a falha no transportador aconteceu três minutos após a decolagem, que aconteceu às 6h66 (de Brasília).

Brunschwyler reconheceu que o ocorrido é um "enorme revés" para a comunidade científica, que iria usar os dados coletados pelo satélite para melhorar a compreensão dos processos naturais e saber mais sobre as atividades humanas que regulam a abundância e a distribuição do dióxido de carbono na atmosfera. EFE jab/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG