Brasília, 26 ago (EFE).- O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), garantiu hoje que o trâmite parlamentar dos acordos firmados com o Paraguai sobre a hidrelétrica de Itaipu e o financiamento de infraestruturas acontecerá no menor prazo possível.

"Existe vontade para que seja aprovado com a maior rapidez", afirmou Sarney em audiência com o presidente do Congresso paraguaio, Miguel Carrizosa, que fez hoje uma rápida visita a Brasília, a qual incluiu uma reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em julho, Lula e o governante paraguaio, Fernando Lugo, anunciaram um amplo acordo que permitirá ao Paraguai receber maiores lucros da hidrelétrica binacional de Itaipu e que incluirá financiamento brasileiro para a construção de uma linha de transmissão entre a represa e Assunção.

Alguns aspectos do convênio, porém, precisam ser referendados pelo Congresso nacional, que ainda não começou a debater o assunto.

Durante a audiência com Sarney, Carrizosa expressou seu desejo de que esse debate "não seja atrasado pelas circunstâncias políticas", em alusão às eleições de 2010.

Carrizosa explicou a jornalistas que a intenção de sua visita foi iniciar a "diplomacia parlamentar", pois "Itaipu é uma causa nacional" tanto para o Governo quanto para o Parlamento e para "toda a sociedade" paraguaia.

"Queremos que o Congresso brasileiro entenda a posição do Paraguai e suas reivindicações, e que vote a favor do que foi estipulado entre os chefes de Estado", disse Carrizosa, acompanhado na visita pelos senadores Ramón Verlangieri, Juan Darío Monges, Carlos Caballero e Julio César Velázquez. EFE ed/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.