Sarkozy visita o Rio para a última cúpula da UE sob presidência francesa

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, estará na cidade brasileira do Rio de Janeiro nas próximas segunda e terça-feira para uma cúpula da União Européia (UE) e o Brasil, a última da UE sob a presidência francesa, com um programa dedicado à crise financeira e econômica, e à mudança climática.

AFP |

A cúpula de segunda-feira será seguida de uma visita oficial bilateral durante a qual vários contratos devem ser assinados entre a França e o Brasil, principalmente no domínio da Defesa.

Esta será a segunda cúpula UE-Brasil, depois da realizada em Lisboa no fim de 2007, sob a presidência portuguesa da União.

O presidente da Comissão Européia, José Manuel Barroso, deve, segundo um porta-voz da Comissão, afirmar seu apoio à idéia defendida pelo Brasil de reforçar o peso dos países da América do Sul e dos países emergentes na futura arquitetura financeira mundial.

Sobre a luta contra o aquecimento climático, um contrato pode ser assinado entre o Banco Europeu de Investimento (BEI) e, do lado brasileiro, o Banco Nacional para o Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para financiar até 400 milhões de euros de projetos, segundo a comissão.

Os biocombustíveis, dos quais o Brasil é um grande produtor, devem também ser um dos temas do encontro.

O presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, defende a eliminação das barreiras ao etanol produzido com cana-de-açúcar. O Brasil é o segundo produtor mundial deste carburante, atrás apenas dos EUA, que o fabrica a partir do milho.

Entre os temas da cúpula, segundo a presidência francesa, está a reforma das Nações Unidas. O Brasil deseja se tornar membro permanente do Conselho de Segurança, apoiado para isso pela França, Alemanha e Reino Unido, mas outros países europeus, como Itália e Espanha, são contra.

No plano bilateral, Sarkozy, acompanhado de cerca de 30 empresários e dos ministros dos Assuntos Estrangeiros, Bernard Kouchner, e da Defesa, Hervé Morin, deve se reunir terça-feira com seu par Luiz Inácio Lula da Silva.

Na noite de segunda-feira, Sarkozy assistirá ao show de lançamento do Ano da França no Brasil. Ele estará com sua esposa Carla Bruni-Sarkozy e ficará no Brasil até o dia 29 de dezembro, para férias na casa da família de sua mulher, cujo pai biológico vive há muito tempo no país.

npk/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG