O presidente francês Nicolas Sarkozy foi vaiado em sua chegada ao palácio presidencial de Libreville para participar no enterro do chefe de Estado do Gabão, Omar Bongo Ondimba.

Ele também foi recebido aos gritos de "fora daqui".

Os agentes de segurança formaram imediatamente um cordão de isolamento em torno do presidente francês, que conseguiu entrar sem maiores problemas.

Bongo, o presidente que estava há mais tempo no poder na África (41 anos), faleceu na segunda-feira passada, aos 73 anos em uma clínica particular de Barcelona, onde estava hospitalizado há quatro semanas.

pal/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.