Paris, 1 abr (EFE).- O presidente francês, Nicolas Sarkozy, enviou hoje uma mensagem televisionada ao chefe das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), Manuel Marulanda, para que liberte imediatamente Ingrid Betancourt, e responsabilizou a guerrilha pela possível morte da refém, retida há mais de seis anos.

"Espero uma prova de humanidade, sem a qual tudo se complicará de novo. Basta uma decisão de sua parte para salvar uma mulher da morte e manter a esperança de todos os que continuam detidos. Tome esta decisão: liberte Ingrid Betancourt", afirmou Sarkozy. EFE lmpg/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.