Sarkozy receberá dalai lama caso líder tibetano viaje a Paris

Paris, 2 nov (EFE).- O presidente francês, Nicolas Sarkozy, receberá o dalai lama em dezembro caso o líder tibetano viaje a Paris para participar da comemoração do 60º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos, informou hoje o Palácio do Eliseu.

EFE |

Dessa forma, a Presidência francesa nega as informações divulgadas pela imprensa, que diziam que o líder tibetano não participaria dessa cerimônia para mostrar seu mal-estar por não ser recebido por Sarkozy.

Em comunicado, o Palácio do Eliseu informa que a presença do dalai lama nos atos de comemoração da Declaração Universal dos Direitos Humanos depende apenas de seu estado de saúde.

O dalai lama tem programada uma viagem à Polônia nas datas em que a França lembrará a declaração dos direitos humanos, segundo representantes budistas em Paris, que disseram ainda que o Palácio do Eliseu não convidou oficialmente o líder tibetano.

Em agosto passado, o presidente francês não recebeu o líder tibetano durante uma visita à França, um gesto que foi muito criticado por associações de direitos humanos e partidos políticos que reprovaram Sarkozy acusando-o de defender as idéias de Pequim.

EFE lmpg/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG