Sarkozy recebe alta, mas deve ficar de repouso mais alguns dias

O presidente francês Nicolas Sarkozy recebeu alta nesta segunda-feira depois de ter sofrido na véspera um mal-estar sem consequências cardíacas, segundo os médicos, mas deverá repousar durante mais alguns dias, informa um comunicado da presidência.

AFP |

Sarkozy deixou o hospital parisiense onde foi internado e submetido a exames clínicos que demonstraram que ele não sofre de problemas cardíacos, segundo o Palácio do Eliseu.

De acordo com um comunicado difundido pouco depois do mal-estar sofrido por Sarkozy quando fazia jogging no parque do Castelo de Versalhes, o chefe de Estado não teve problemas cardiológicos e nem terá consequência.

"O diagnóstico é de um mal-estar lipotímico por um esforço sustentável com um grande calor e sem perda de sentido, em um contexto de fadiga vinculada a uma carga de trabalho importante", assinala o comunicado.

"Não foi prescrito qualquer tratamento médico. Ele foi aconselhado a manter repouso relativo de alguns dias. Nessas condições, a ida prevista para amanhã ao monte Saint Michel (oeste) foi adiada", acrescenta o texto oficial.

npk/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG