Sarkozy ratifica apoio a presidente da RDC

Paris, 31 out (EFE) - O presidente francês e de turno da União Européia (UE), Nicolas Sarkozy, transferiu hoje seu pleno apoio ao presidente da República Democrática do Congo (RDC), Joseph Kabila, e pediu às Nações Unidas para fazerem o possível para garantir a segurança dos civis deslocados.

EFE |

Sarkozy pediu também ao ministro de Exteriores francês, Bernard Kouchner, e ao secretário de Estado de Cooperação, Alain Joyandet, que vão "ao terreno para manifestar a determinação francesa de encontrar uma solução pacífica à crise" e colaborar para reforçar a ajuda humanitária.

O presidente se reuniu hoje com Kouchner e com Joyandet, além de com o primeiro-ministro francês, François Fillon, e com o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, o general Jean-Louis Georgelin.

Antes, o Ministério de Exteriores tinha anunciado que o chefe da diplomacia francesa viajará para Kinshasa, Goma e Kigali, ao lado do chanceler britânico, David Miliband. EFE jaf/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG