Sarkozy quer punição para responsáveis por crise dos mercados

NOVA YORK (Reuters) - Os responsáveis pela crise que assola os mercados financeiros mundiais devem ser punidos, disse o presidente francês, Nicolas Sarkozy, em sua primeira reação sobre o caso. Durante discurso numa cerimônia de premiação à qual compareceram importantes empreendedores franceses e norte-americanos, em Nova York, Sarkozy pediu que a verdade sobre a crise seja revelada.

Reuters |

"Hoje, milhões de pessoas ao redor do mundo temem por suas economias, por seu apartamento, pelos fundos que colocaram nos bancos. É nosso dever dar a elas respostas claras", disse.

"Quem é responsável por este desastre? Que os responsáveis sejam apontados e punidos", afirmou o presidente francês horas antes de dar um discurso à Assembléia-Geral da Organização das Nações Unidas.

O governo dos Estados Unidos concedeu 700 bilhões de dólares para que empresas de Wall Street se livrassem das dívidas relacionadas à hipoteca que derrubaram o banco de investimentos Lehman Brothers e ameaça enfraquecer outras instituições financeiras.

O plano de ajuda, que ainda precisa ser aprovado pelo Congresso norte-americano, foi criticado por alguns analistas, que dizem que é injusto que os bancos que começaram a crise não sofram as consequências de seus atos.

No entanto, Henry Paulson, secretário do Tesouro dos Estados Unidos, defende que o plano de auxílio vai sair mais barato para os contribuintes do que deixar as empresas sofrerem sozinhas com os custos da crise.

Os comentários de Sarkozy tiveram uma recepção morna por parte dos homens de negócios que pagaram de 1.500 a 75 mil dólares para vê-lo receber um "prêmio humanitário" em um evento de gala.

O presidente da França deve fazer um discurso sobre economia na quinta-feira, no qual deve falar com mais ênfase sobre a crise e apresentar o plano orçamentário da França para 2009, o qual será revelado totalmente no dia seguinte.

(Por Emmanuel Jarry)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG