Sarkozy promove pacote urbanístico como opção à crise

Paris, 29 abr (EFE).- O presidente da França, Nicolas Sarkozy, apresentou hoje o Grand Paris, um ambicioso projeto de transformação da capital incluindo 70 mil casas por ano e 130 quilômetros de metrô na capital que, segundo ele, fará o país sair reforçado da crise.

EFE |

"O 'Grand Paris' é a França de depois da crise", disse o presidente em discurso na Cidade da Arquitetura e do Patrimônio, onde esboçou as principais linhas de uma iniciativa com a qual pretende fazer de Paris "uma referência" no mundo todo.

Um "super metrô" automático de 130 quilômetros com "design, ergonomia e tecnologia exemplares", mais espaços verdes, e a eliminação da "periferia como tal" são algumas das ideias da grande metrópole que o presidente pretende criar.

Seu objetivo é construir o "Grand Paris" em dez anos, a partir de 2012, para o que se comprometeu a apresentar em outubro um projeto legislativo que regulará o financiamento e as modalidades do futuro sistema de transportes.

Só a infraestrutura de transportes terá um custo estimado em 35 bilhões de euros (R$ 100 bilhões).

As ambiciosas reformas se completarão com a construção de 70 mil novas casas por cada um dos dez anos, o que poderia gerar 1 milhão de novos postos de trabalho, segundo Sarkozy. EFE pi/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG