Sarkozy promete dar cotinuidade a reformas, apesar da crise

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, prometeu nesta quinta-feira seguir adiante com as reformas da economia, apesar da crise financeira mundial e da forte insatisfação demonstrada em importantes manifestações no dia 29 de janeiro em todo o país.

AFP |

"Obviamente, vamos continuar a reformar o país. É o mandato que recebi, é meu dever", declarou Sarkozy durante um programa de TV dedicado à crise.

Ele destacou que as reformas prosseguirão "no mesmo ritmo".

"É a crise do século, sem precedentes", afirmou o presidente francês. "Tenho que levar este fator em consideração, e fazer com que a França entre na crise o mais tarde possível e saia da crise o mais cedo", acrescentou.

No dia 29 de janeiro, entre um e 2,5 milhões de franceses foram às ruas em todo o país para expressar insatisfação e protestar contra a política de Sarkozy.

bur/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG