Sarkozy prepara decisão sobre reeleição em 2012

WASHINGTON (Reuters) - O presidente da França, Nicolas Sarkozy, disse na segunda-feira que vai decidir no ano que vem, em algum momento até o fim do verão (boreal) ou no começo do outono, se disputará um novo mandato em 2012. O partido governista de centro-direita UMP foi duramente derrotado na eleição regional de março, e a aprovação ao presidente vem caindo, refletindo a preocupação da população com o estado da economia e com o seu estilo frenético de governo.

Reuters |

Há cada vez mais sinais de descontentamento dentro do UMP, e vários políticos de centro-direita, como os ex-primeiros-ministros Dominique de Villepin e Alain Juppé, já indicaram que podem concorrer em 2012.

Sarkozy em várias ocasiões já evitou confirmar se irá ou não disputar a reeleição. Citando recentes boatos sobre uma crise conjugal dele, o presidente disse que o eleitorado está mais preocupado com assuntos como emprego e segurança.

"Eles querem alguém que lhes tire da crise, eles querem menos desemprego, mais crescimento, mais poder de consumo", disse ele à TV norte-americana CBS durante visita a Washington, onde participa de uma cúpula nuclear.

(Reportagem de Emmanuel Jarry)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG