O presidente francês Nicolas Sarkozy afirmou nesta segunda-feira em Ramallah, na Cisjordânia, que a violência tem que acabar na Faixa de Gaza.

"Direi com toda sinceridade ao presidente Shimon Peres e ao primeiro-ministro Ehud Olmert que a violência tem que acabar" na Faixa de Gaza, declarou Sarkozy, ao lado do presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas.

Sarkozy ainda disse que o movimento radical islâmico Hamas "agiu de forma irresponsável e imperdoável" ao decidir não renovar a trégua e continuar com seus disparos de foguetes contra o sul de Israel.

O presidente francês deve se encontrar com Peres e Olmert na noite desta segunda-feira em Jerusalém.

bur/yw/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.