Sarkozy pede a Shimon Peres cessar-fogo em Gaza para ajuda humanitária

Jerusalém, 6 jan (EFE).- O presidente francês, Nicolas Sarkozy, pediu hoje ao chefe de Estado israelense, Shimon Peres, um cessar-fogo em Gaza para poder prestar socorro humanitário à população da Faixa, segundo o jornal Haaretz.

EFE |

Sarkozy teria alegado que, no plano político, a ofensiva militar em Gaza não fortalece o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, interlocutor de Israel nas negociações para alcançar uma paz duradoura no Oriente Médio.

O veículo de comunicação explica que Sarkozy fez o pedido durante a reunião que manteve com Peres em Jerusalém após chegar do Egito, primeira escala de sua atual viagem pela região.

Antes de ir a Jerusalém -onde esta noite tinha previsto se reunir com o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, e com Peres-, o presidente francês manteve uma reunião com Abbas na cidade de Ramala, na Cisjordânia.

Em entrevista coletiva posterior ao encontro, Sarkozy reiterou que "nós, os europeus, queremos um cessar-fogo o mais rápido possível em Gaza" e que "o tempo trabalha contra a paz".

A estadia de Sarkozy coincide com a presença hoje na zona de uma missão da União Européia (UE), liderada pelo ministro de Exteriores tcheco, Karel Schwarzenberg, e na qual também participa o chefe da diplomacia francesa, Bernard Kouchner.

Essa delegação européia se reuniu esta tarde em Jerusalém com a ministra de Exteriores de Israel, Tzipi Livni, para sondar as possibilidades de estabelecer as condições do fim das hostilidades na Faixa.

Em declarações à imprensa, Livni se mostrou contrária ao envio de uma força internacional em Gaza para garantir o eventual cessar-fogo entre Israel e Hamas, uma das condições que inclui a proposta européia de trégua. EFE amg/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG