grande convergência de opiniões com Obama - Mundo - iG" /

Sarkozy menciona grande convergência de opiniões com Obama

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, mencionou nesta sexta-feira uma grande convergência de opiniões com Barack Obama, depois de uma reunião em Paris com o candidato democrata à Casa Branca.

Redação com agências internacionais |

AP
AP
Sarkozy afirmou que ele e o candidato Obama são amigos
Obama fez uma breve escala em Paris, antes de seguir para Londres.

"Temos uma grande convergência de opiniões, e mantivemos uma conversa muito interessante", declarou Sarkozy durante uma entrevista coletiva conjunta concedida ao término do encontro.

O presidente francês disse esperar com "impaciência" que a democracia americana "escolha seu próximo dirigente para que possamos tomar, juntos, muitas iniciativas comuns para a Europa e os Estados Unidos".

Ele insistiu, por exemplo, na necessidade de estabelecer uma ação comum no Afeganistão.

"Temos muito trabalho para fazer juntos, sobre temas como o aquecimento global, a reforma das instituições mundiais, a paz no mundo ou a globalização do capitalismo financeiro", acrescentou Sarkozy.

"Tenho o grande prazer de me encontrar novamente com o senador Obama, com quem já havia me encontrado em 2006. Tínhamos conversado muito sobre os terríveis acontecimentos na província sudanesa de Darfur", discursou o presidente francês.

"Éramos dois neste escritório. Um de nós se tornou presidente, o outro precisa agora fazer o mesmo. Isso não é uma ingerência!", brincou Sarkozy, fazendo Obama rir.

"A América que a França ama é a América que tem grandes objetivos, uma grande ambição, grandes debates e fortes personalidades", declarou.

"Queremos uma América presente, não ausente", prosseguiu.

" Somos amigos , amigos independentes mas amigos assim mesmo. Vocês precisam saber que aqui na França e na Europa, acompanhamos suas ações com muito interesse", acrescentou.

Pressão ao Irã

Em relação ao Irã, Obama disse que o país não deve esperar até que haja outro presidente nos Estados Unidos para pôr fim a seu programa de enriquecimento de urânio, pois "a pressão continuará aumentando".

Obama assinalou que, tanto ele, quanto Sarkozy, concordaram que a questão nuclear iraniana é "extremamente grave " e que "o mundo deve enviar uma forte mensagem" ao país para "pôr fim a seu programa nuclear ilícito".

Viagem de estadista

Desde o começo da semana o candidato democraca Barack Obama está em viagem pelo Oriente Médio e Europa. Ele já passou por Afeganistão, Iraque, Kuawait, Jordânia, Israel e Cisjordânia . Agora, Obama visita os três principais aliados dos EUA na Europa: Alemanha , França e Inglaterra.


Clique para ver as melhores imagens de Obama na Alemanha


Clique e veja imagens da visita de Obama a Israel

(*Com informações das agências EFE e AFP)

Leia também:

Leia mais sobre: eleições nos EUA



    Leia tudo sobre: eleições nos euaobamasarkozy

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG