Sarkozy lamenta acidente com avião da Air France

ROISSY (Reuters) - O presidente francês, Nicolas Sarkozy, declarou na segunda-feira que o desaparecimento de um avião comercial da Air France que fazia o trajeto do Rio de Janeiro a Paris foi um acidente trágico e que as perspectivas de encontrar sobreviventes são muito pequenas. É um acidente trágico. As chances de serem encontrados sobreviventes são muito pequenas, disse Sarkozy na saída de uma visita ao centro de crise instalado no terminal 2D do aeroporto de Roissy-Charles de Gaulle.

Reuters |

"Não temos nenhuma informação precisa sobre o que aconteceu", declarou o presidente, ressaltando que trata-se de uma catástrofe "como a empresa Air France nunca conheceu".

"No instante em que falo com vocês, enviamos navios à área e também aviões. Nossos amigos espanhóis nos estão ajudando, os brasileiros também estão nos ajudando muito", declarou Sarkozy, acrescentando que a França pediu "a ajuda dos norte-americanos, através de satélites, em primeiro lugar para localizar o ponto em que a catástrofe aconteceu".

"Tudo precisa ser feito para que reencontremos o máximo possível de elementos desse avião, um Airbus A330, para compreendermos o que aconteceu," prosseguiu o presidente.

"Isso será extremamente difícil porque a área é imensa, são centenas de quilômetros, e, é claro, esse drama aconteceu no meio da noite acima do Atlântico."

Nicolas Sarkozy, que estava acompanhado pelos ministros do Meio Ambiente e das Relações Exteriores, Jean-Louis Borloo e Bernard Kouchner, e pelo secretário de Estado para os Transportes, Dominique Bussereau, conversou durante meia hora com familiares dos passageiros do vôo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG