Sarkozy, em missão de paz, pede cessar-fogo para Gaza

RAMALLAH - O presidente francês, Nicolas Sarkozy, em missão de paz no Oriente Médio, pediu nesta segunda-feira um cessar-fogo entre Israel e o Hamas na Faixa de Gaza o quanto antes possível. Em uma entrevista à imprensa ao lado do presidente palestino, Mahmoud Abbas, em Ramallah, Sarkozy disse que a União Européia está agindo para apoiar os esforços destinados a acabar com o derramamento de sangue.

Reuters |


Sarkozy afirmou que dirá a líderes israelenses ainda nesta segunda-feira que a violência deve parar. O presidente francês também condenou o Hamas por seus ataques contra Israel.

"Nós na Europa queremos um cessar-fogo o mais rápido possível, e que cada um entenda que o tempo está se esgotando contra a paz", disse Sarkozy. "As armas devem se calar, deve haver uma trégua humanitária", disse.

"Cada um deve entender que o que está em jogo aqui não é apenas uma questão de Israel e palestinos, é uma questão global e é o mundo inteiro que vai ajudá-los a encontrar uma solução."

Abbas pediu a "cessação imediata e incondicional" da ofensiva de Israel na Faixa de Gaza. "Depois disso, nós poderemos discutir todas as outras questões, incluindo a reabertura da fronteira e reafirmar a trégua", disse.

Cresce pressão por cessar-fogo em Gaza; veja o vídeo:


Leia também

Opinião


Leia mais sobre: Faixa de Gaza

    Leia tudo sobre: faixa de gaza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG