Sarkozy elogia contribuição de Merkel à Europa

Aachen (Alemanha) 1 mai (EFE) - O presidente francês, Nicolas Sarkozy, elogiou hoje em discurso a chanceler alemã, Angela Merkel, que recebeu nesta quinta-feira o Prêmio Carlos Magno, entregue na cidade alemã de Aachen em reconhecimento a personalidades que tenham se destacado por sua contribuição especial à união da Europa. Sarkozy afirmou que ao aceitar pronunciar o discurso em homenagem à chanceler, a quem expressou sua profunda admiração, a França mostra mais uma vez seu respeito e amizade com a Alemanha, dois países que nem sempre foram amigos. Em nossa História comum há muito sangue. Por isso, vir a Aachen para falar da Europa não é um deslocamento político qualquer, disse Sarkozy, para quem essa carga histórica faz com que as relações entre os dois países sejam especiais.

EFE |

"Quando Alemanha e França discutem, não o fazem como outros países, mas para buscar soluções. Sabemos que entre nós não podem ser abertos abismos", disse o presidente francês na Sala de Coroação da Prefeitura de Aachen, onde foi realizada a cerimônia de entrega do prêmio.

Ele citou como exemplo a crise institucional atravessada pela União Européia (UE) depois que França e Holanda rejeitaram em referendo a proposta de uma Constituição Européia, situação "da qual foi possível sair com a adoção do Tratado reformado em Lisboa e graças à Angela Merkel".

No entanto, "Lisboa não é o fim da crise, mas o princípio de um longo caminho", alertou Sarkozy, para quem a ameaça à União Européia continua sendo a falta de confiança dos cidadãos.

Merkel, que recebeu o prêmio devido ao papel desempenhado pela superação da crise da UE até a obtenção de um acordo para o Tratado da União, elogiou em seu discurso os valores e princípios do bloco e seu convencimento de que todos os países que integram o continente têm "um destino comum".

Merkel destacou o "compromisso partilhado" por todos os europeus pela defesa de uma Europa próspera e social sustentada em valores que devem ser preservados sem renunciar à identidade nacional.

O Prêmio Carlos Magno é entregue desde 1950 e distribui um prêmio de 5 mil euros e uma medalha. EFE cv/ev

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG